Blog rbrito


Rapidinha!

O torcedor-internauta Marcos Neves foi rápido no gatilho e, neste sábado, o blog rbrito apresenta as médias de público das Séries A e B do Campeonato Brasileiro. Estas duas competições tiveram rodadas neste meio de semana. Os jogos desta sexta-feira sábado e domingo serão contabilizados na próxima atualização do blog rbrito.

Nono colocado no ranking da Série A, o Cruzeiro teve a melhor média da 18ª rodada. A Raposa levou ao estádio 29.414 pagantes. Logo atrás ficou o Grêmio, com média de 26.419. O líder do Brasileirão e do ranking de público Fluminense não foi bem. O Tricolor carioca conseguiu "apenas" 18.356 pagantes no Maracanã.

Na parte inferior da tabela, Prudente e Goiás seguem dando vexame. O clube paulista, lanterna no ranking da Série A, levou só 3.211 pagantes na última rodada, contra 3.312 do Goiás, penúltimo colocando no ranking de média de público.



Mas alguns clubes da Série B conseguem fazer ainda pior. O Duque de Caxias, lanterna no ranking da Segundona, teve público pagante de 209 pagantes e segue com média ridícula de 291. Bragantino e Ipatinga também fizeram feio nesta rodada com público pagante de 626 e 751, respectivamente.

Já o Sport, aos poucos busca a liderança. O Leão teve um público pagante de 14.686 e colocou no Bahia, líder do ranking. Enquanto o time pernambucano tem média de 12.538 pagantes, o Bahia soma 12.901.



Os jogos entre Santos x Internacional e Vasco x Corinthians acontecem no dia 13 de outubro. Os números em azul ainda não foram confirmados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). No geral, as Séries A, B, C e D tiveram 533 jogos, com um público total de 3.750.915 pagantes e média de 7.037. A Série C teve apenas um jogo neste meio de semana. O Gama levou a seu estádio 2.676 pagantes e ocupa a 15ª colocação no campeonato.

Participe do blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984 com opiniões, críticas e sugestões!



 Escrito por rbrito às 00h16 [] [envie esta mensagem] []






Zica Parte II!

No dia 23 de março, o blog rbrito fez um levantamento da temporada em que os clubes brasileiros completaram 100 anos de fundação. O nome do post foi um reflexo de como os clubes foram em seu centenário. “Zica” foi como o blog rbrito chamou o post, em março. E “Zica Parte II” é o post desta sexta-feira. Isso porque a notícia não é nada boa para Corinthians e Noroeste, que completaram 100 anos no dia 1º de setembro.

Mais no blog rbrito:
Confira o desempenho de todos estes clubes no ano do centenário!


O blog rbrito quis saber o resultado do primeiro jogo após o aniversário de 100 anos destes experientes times. Dos 16 clubes que já são centenários, cinco conquistaram vitória, outros cinco empate e seis foram derrotados na festa de um século de história.

O melhor resultado foi do Fluminense. Em 2002, o Tricolor carioca enfiou impiedosos 5 a 1 no Cruzeiro pelo Campeonato Brasileiro. Apenas o Botafogo jogou no dia do centenário e o blog rbrito contabilizou esta partida. No dia 12 de agosto de 2004, o alvinegro carioca empatou, por 1 a 1, com o Atlético-PR pelo Brasileirão.

A vitória mais saborosa pós-Centenário, porém, foi do Internacional. Atual campeão da Libertadores, o Colorado venceu o arquiinimigo Grêmio, por 2 a 1, pelo Campeonato Gaúcho, no dia 5 de abril de 2009. Festa em dobro no Beira-Rio, em Porto Alegre.

O blog rbrito também descobriu uma curiosidades nestes números. O Grêmio teve sua festa pós-centenário estragada pelo Coritiba, em 2003. Mas no ano passado, o Coxa deu o troco e venceu o Tricolor gaúcho no jogo da festa.

Neste final de semana será a vez de Timão e Norusca tentarem acabar com esta zica. O Corinthians vai enfrentar o lanterna Goiás, no Pacaembu, em São Paulo. Promessa de muita festa da Fiel. Já o time de Bauru, que conquistou o acesso à elite Paulista neste ano, pega o Marília, fora de casa, no domingo, pela Copa Paulista.

Ainda quer que seu time faça 100 anos? Participe pelo blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984

Confira o desempenho dos clubes pós-centenário:

FLAMENGO (17/11/1895)


Brasileirão
19/11/1995
Atlético-MG 2x1 Flamengo

VASCO (21/8/1898)

Brasileirão
30/08/1998 
Vasco 1x1 Flamengo

VITÓRIA (13/5/1899)

Baiano
15/05/1999
Vitória 1x0 Poções

PONTE PRETA (11/8/1900)

Brasileirão
20/08/2000
Vasco 2x1 Ponte Preta

NÁUTICO (7/4/1901)


Copa do Brasil
11/04/2001
ABC 2x0 Náutico

FLUMINENSE (21/7/1902)

Brasileirão
11/08/2002
Fluminense 5x1 Cruzeiro

GRÊMIO (15/9/1903)

Brasileirão
20/09/2003
Coritiba 1x0 Grêmio

BOTAFOGO (12/8/1904)

Brasileirão
12/08/2004
Botafogo 1x1 Atlético-PR

SPORT (13/5/1905)

Série B
15/05/2005
Sport 1x2 Santo André

ATLÉTICO-MG (25/3/1908)

Mineiro
29/03/2008
Rio Branco 0x6 Atlético

INTERNACIONAL (4/4/1909)

Gaúcho
05/04/2009
Internacional 2x1 Grêmio

CORITIBA (12/10/1909)

Brasileirão
17/10/2009
Grêmio 2x0 Coritiba

RIO CLARO (09/05/1909)

Série A2 Paulista
10/05/2009
Rio Claro 1x1 Monte Azul

PAULISTA (17/05/1909)


Série D Brasileirão
05/07/2009
Paulista 1x0 Friburguense

REMO (05/02/1905)

Paraense
10/02/2005
Remo 2x2 Pedreira

VELO CLUBE (28/08/1910)

Segundona Paulista
29/08/2010
Velo Clube 1x1 Elosport

CORINTHIANS (01/09/1910)

Brasileirão
04/09/2010
Corinthians ?x? Goiás

NOROESTE (01/09/1910)

Copa Paulista
05/09/2010
Marília ?x? Noroeste



 Escrito por rbrito às 12h44 [] [envie esta mensagem] []






Muito ou pouco?

A Mega-sena acumulou de novo e deve pagar R$ 85 milhões ao sortudo ou sortudos no próximo sábado. É muito dinheiro para nós mortais. Mas o blog rbrito resolveu descobrir qual jogador, dentre as maiores contratações do mundo, se encaixaria nesta fortuna. Antes de mostráramos o resultado, é bom você, caro torcedor-internauta, esquecer os primeiros da lista como Cristiano Ronaldo, Ibra, Kaká...

Com o Euro a 2,22 do real, teríamos 36.036.036 milhões de euros. Este valor daria para o blog rbrito contratar, segundo os números do site Futebol Finance, o campeão do Mundo com a Seleção Espanhola Xabi Alonso. Jogador do Real Madrid-ESP, ele vale 35.400.000 €.

Mas se você quer um atacante, a escolha é maior e com preço menor. Karim Benzema, também do time merengue, vale 35.000.000 €. O garoto alemão Mario Gomez (Bayern Munique) está mais em conta – 30.000.000 €.

Para os corintianos temos o argentino Carlitos Tévez. O hermano custa a bagatela de 29.000.000 €, mesmo valor de Emmanuel Adebayor. Até agora falamos da quarta a oitava maiores contratações do mundo.

Se vocês são adeptos ao estilo Dunga, o blog rbrito oferece o brucutu Felipe Melo. O jogador da Juventus-ITA custou mais que o habilidoso Diego, ex-Juv (25.000.000 € a 24.500.000 €). Já o algoz de Felipe Melo e da Seleção Brasileira Arjen Robben vale 24.000.000 € e também poderia ser contratado com a premiação da Mega-sena. Para fechar, o camaronês Samuel Eto´o, da Internazionale, vale “apenas” 20.000.000 € mesmo valor de Alberto Aquilani.

Com esta grana, qualquer um poderia contratar o atacante do Santos, Neymar, antes de sua multa rescisória subir para R$ 101 milhões (45 milhões de euros). Dias atrás, o garoto da Vila valia R$ 79 milhões (35 milhões de euros), mas o Chelsea-ING aceitou pagar “apenas” R$ 69 milhões (30 milhões de euros).

Animou-se com as possíveis contratações? Já jogou na Mega-sena? Passe os números para o blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984. Vamos fazer uma Seleção de craques com a maior premiação da Mega.



 Escrito por rbrito às 16h32 [] [envie esta mensagem] []






Não acredito!

O Brasileirão pega fogo com a disputa pela liderança entre Fluminense e Corinthians. Na ponta inferior da tabela, grandes clubes como Goiás, Atlético-MG, Grêmio e São Paulo lutam contra o rebaixamento. Mas há um Estado no Brasil que não está nem ai para a maior competição do país. No Maranhão, como já mostrou o blog rbrito, o Estadual, sequer, começou.

Mais no blog rbrito:
Todos os outros campeões Estaduais na temporada 2010!


O Campeonato Maranhense 2010 tem início marcado para esta quinta-feira. Para complicar, o JV Lideral, que participou da Série D do Brasileirão e vinha fazendo sucesso no Estado, desistiu da competição por falta de recursos.

O Moto Club, um dos times mais tradicionais do Estado, também pediu para ficar fora das competições. A crise financeira tem atrapalhado times por todo Brasil. As Federações que deveriam dar suporte, preferem virar as costas e focar apenas nos grandes clubes. Lamentável!

A temporada 2010 será disputada por pontos corridos, igual ao Brasileirão. Todos jogam contra todos em turno e returno. O clube que somar mais pontos será campeão Estadual.

Mais do Maranhense:
O Campeonato Maranhense foi disputado pela primeira vez na temporada de 1918. Mas em duas oportunidades o Estadual não teve campeão. Em 1929, por causa da preparação da Seleção do Maranhão que disputaria o antigo Brasileiro de Seleções. E em 1936, quando a diretoria do Sampaio Correa se revoltou, não aceitou a fórmula de disputa da fase final do torneio e saiu da competição.

Mesmo em um Estadual antigo, apenas em 1996 um clube do interior ganhou o Maranhense. O Bacabal, que no ano anterior contou com a presença em elenco dos craques Adílio e Andrade, se sagrou campeão. Em 2005 o interior voltou a fazer a festa com o inédito título do Imperatriz.

Campeões!
O maior vencedor do estado é o Sampaio Corrêa com 29 conquistas. Logo9 atrás, com 24 títulos, está o Moto Club. O Maranhão soma 14 taças, contra seis do Luso e quatro do Ferroviário e três do Tupan.

Opine no blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984

Confira os jogos da 1ª rodada do Campeonato Maranhense:


Quinta-feira
15h45

Viana x São José

20h30
Maranhão x Iape

Domingo
17h

Bacabal x Santa Quitéria
Nacional x Imperatriz



 Escrito por rbrito às 02h01 [] [envie esta mensagem] []






NORUSCA!

O blog rbrito não esqueceu do Centenário do Esporte Clube Noroeste, também fundado no dia 1º de setembro de 1910. Assim como o Sport Club Corinthians Paulista, o time de Bauru completa 100 anos, nesta quarta-feira, e ganha um post especial do blog rbrito. Parabéns, Noroeste! Parabéns, torcida do Norusca!

Mais no blog rbrito:
Curiosidades e tudo do Centenário do Corinthians!


Além do mesmo dia de fundação, Corinthians e Noroeste também surgiram com nomes parecidos. Antes de adotar o abrasileirado Esporte Clube Noroeste, o time de Bauru tinha em seu nome um toque inglês: Sport Club Noroeste. Mas a partir daí a trajetória de Corinthians e Noroeste se distanciou.

A boa notícia para o Norusca foi que, ao contrário do rival paulista, o time de Bauru construiu seu estádio. O Alfredo de Castilho foi inaugurado em 1º de agosto de 1935, com um jogo entre Noroeste e Campinas – vitória dos visitantes, por 1 a 0.

Por outro lado, se o Timão precisou de apenas quatro anos para gritar “é campeão”, o time do interior levou mais tempo. O primeiro título estadual foi do Campeonato do Interior de 1943. Na final, disputada em dois jogos contra o Guarani, o Noroeste levou a melhor.



Torcida que inflama!
O sub-título acima não é figura de linguagem. No dia 23 de novembro de 1958, em jogo contra o São Paulo, a geral do estádio pegou fogo e causou pânico no público presente. O fogo ainda atingiu algumas casas, que ficavam nas proximidades. Cinco pessoas ficaram feridas. O Norusca só pode mandar seus jogos em sua casa novamente no dia 5 de julho de 1960.

De lá para cá, o Noroeste fez viagem internacional (1964) e lutou pelo acesso e contra o rebaixamento. A primeira queda aconteceu em 1966. A volta à elite só se daria quatro anos depois. A única vez em que o Noroeste disputou o Campeonato Brasileiro foi em 1978. Agora, em 2010, assim como o Corinthians, o Noroeste ainda não pôde comemorar um título, mas pelo menos conquistou o acesso à elite do Campeonato Paulista. Em 2001, o Norusca estará na Série A de novo!

Paixão alvirrubra!
Assim como o alvinegro de Parque São Jorge, o Noroeste investiu em ações de marketing no ano do centenário. O Norusca criou a camisa Retro dos anos 60. O modelo 2010 também foi lançada com muita pompa nas versões vermelha, branca e listrada.

O grande sucesso ficou com o Kit do Centenário. O torcedor que comprasse o Kit ganhava uma camisa comemorativa do Centenário com a foto do colaborador inserida entre as 100 fotos estampadas; Uma Camisa Retro, anos 60, comemorativa dos 100 anos; Uma Camisa Oficial de Jogo, modelo 2010, ano do Centenário; Uma medalha Olimpica comemorativa do Centenário; Duas Cadeiras Cativas; Marca inserida no Jornal e em placa no estádio, como Colaborador do Centenário; Uma Bolsa Esportiva.

Heróis!
A história do Noroeste é recheada de ídolos. Toninho Guerreiro e Zé Carlos, em 1960, foram os primeiros a ganharem status no clube de Bauru. Em 1978, o Noroeste ganha o reforço de Jairzinho, o "Furacão de 70. E como esquecer de Lorico (um dos melhores jogadores que o time já teve), Julião (goleiro), e tantos outros com Ticão, João Carlos e Baroninho. Mas o defensor Xandú, falecido em julho passado, é o recordista de jogos, vestindo a camisa alvirrubra por 341 vezes.

Entre outros nomes que fizeram história no clube, podemos citar: João Gualberto, Ranulfo, Zulu, Araujo, Navarro, João Marcos, Rodrigues Cavaco, Luizão, Tecão, Lela, Figueira, Natal, Careca, Nilson, China, Zé Rubens, Paulo Bim, Nivaldo, Tobias, Lourival, Varlei, Julinho,Virgílio, Gaspar, Geraldo, Bassu, Batista, Maneca, Fedato, Marco Antônio, Júlio Cesar, Washington, Rodinaldo, Jacenir, Gilberto Costa, Ronaldo Marques , Rogério, Catanoce, Cilinho, Chico Espina, Fonseca, Barbiroto, Wagner Mancini, Vitor-Hugo, Marco Aurélio, Vadinho, Edinho, Laércio, Osmair, Marcos César, Sílvio Luiz, Edinho, Eudes, Sebem, Maurício Cosin, Juliano, Ferreira, Jânio, Campanholo, Tequila, Vagunho, João Fumaça (Fumacinha), Roger, Claudecir, Pedrinho, etc.

PROGRAMAÇÃO DO CENTENÁRIO:

Quarta-feira, 1º de setembro
17h

Abertura dos portões e queima de fogos

18h
Homenagem a ex-atletas e colaboradores do clube

18h15
Descerramento de placa do Complexo Damião Garcia com a presença da Diretoria Executiva e Conselho Deliberativo e Fiscal

18h30
Entrega de kits do Centenário

18h40
Apresentação da banda do Liceu Noroeste

19h30
Show André & Matheus

20h30
Jogo da seleção Brasileira Master x Seleção do Centenário

21h15
Apresentação Tambores Taiko (Clube Cultural Nipo-Brasileiro)

21h30
2º tempo do jogo entre Seleção Brasileira Master x Seleção do Centenário

*O ingresso para o evento será um quilo de alimento não perecível. Capacidade máxima de 18 mil torcedores.

FICHA TÉCNICA

Nome oficial: Esporte Clube Noroeste
Fundação: 01/09/1910
Estádio: Dr. Alfredo de Castilho
Presidente: Damião Garcia

Site oficial
www.noroestebauru.com.br

Confira os principais títulos do Noroeste:

Campeão do Interior Paulista em 1943
Campeão Paulista da Segunda Divisão em 1953, 1970 e 1984
Vice-Campeão Paulista da Segunda Divisão em 1986
Campeão Aspirantes em 1990
Campeão Paulista da Série A3 em 1995
Conquista do Acesso para a Série A2 do Campeonato Paulista em 2004
Vice-Campeão Paulista da Série A2 em 2005 (Acesso Série A1)
Campeão da Copa Federação Paulista de Futebol 2005 (Conquista de vaga na Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro da Série C em 2006)

Mande sua mensagem para o, agora, centenário Noroeste! Participe pelo blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984



 Escrito por rbrito às 13h25 [] [envie esta mensagem] []






TODO PODEROSO!

Cem anos de amor, devoção e, lógico, sofrimento. Afinal é um bando de sofredores, graças a Deus, como a Fiel gosta de dizer. Nesta quarta-feira, dia 1º de setembro, o clube mais popular do Estado de São Paulo completa 100 anos de fundação. Parabéns, Sport Club Corinthians Paulista! Espero que todos os corintianos gostem desta singela homenagem do blog rbrito.

A partir da meia noite desta quarta, os corintianos do mundo todo foram convidados a vestir a “marca” Corinthians. A colocar preto e branco em suas roupas, carros, casas, prédios, janelas... A concentração aconteceu na capital de São Paulo. Não era jogo. Não era decisão. Mas era para comemorar mais um ano de vida do Timão, talvez o maior de sua história repleta de conquistas e sofrimento.

Quem imaginaria que a excursão de um modesto clube inglês iria influenciar e dar início a um dos maiores clubes do Brasil? O torcedor corintiano surgiu antes mesmo de o clube paulista ser fundado por cinco operários Joaquim Ambrósio, Carlos da Silva, Rafael Perrone, Antônio Pereira e Anselmo Correia sob a luz de lampiões.



Inspiração inglesa!

A Fiel nasceu no momento em que se encantou com o Corinthian-Casuals Football Club, que fazia excursão no Brasil, em 1910. Algumas reuniões depois, o Corinthians Paulista nasceu simples, mas com objetivos grandes e sonhando alto. Não precisou mais do que quatro anos para o Timão provar isso e conquistar ainda mais adeptos.

Em 1914, em seu primeiro ano na liga profissional, o Sport Club Corinthians Paulista ganhou o Campeonato Paulista e de forma invicta. De lá para cá foram outras 25 conquistas, incluindo a de 1977. O Timão passou 22 anos, oito meses e uma semana sem levantar um troféu. Até que no dia 13 de setembro de 1977, Basílio, o verdadeiro pé-de-anjo marcou um suado gol e devolveu a alegria a Fiel Torcida.

Este gol valeu um livro-reportagem produzido por Rodolfo Brito, este que vos fala e coordena o blog rbrito. “Basílio: o anjo sob a sombra Do Gol” é inédito em sua abordagem ao falar da vida pessoal e profissional de João Roberto Basílio. Falei com jornalistas, familiares, ex-jogadores e amigos do verdadeiro pé-de-anjo. O livro rendeu grandes e inéditas histórias.

Basílio contou e mostrou o placar do jogo. Sim, ele tem os números 1 e 0 do antigo placar do Morumbi. Dois “malucos” corintianos, na euforia pelo título, arrancaram os números e foram embora para casa com esta pequenina lembrança. Alguns anos depois, eles encontraram Basílio e entregaram o presente.

Os heróis!
O último título antes de 77 também foi histórico. Em 1954, o Timão se sagrou campeão do IV Centenário, título que homenageava a fundação da cidade de São Paulo. E o melhor de tudo: o título foi ganho em cima de seu maior rival, o Palmeiras. O técnico Oswaldo Brandão, grande ídolo do Timão, estava presente nos dois títulos.

Durante estes 100 anos, os torcedores corintianos sofreram e comemoraram em muitas outras oportunidades. Em 1982, o clube entrou, de novo, para a história, durante o movimento denominado Democracia Corintiana. Comandados por Sócrates e Casagrande, os jogadores passaram a ter voto em todas as decisões do clube.

Dirigentes e comissão técnica também votavam em cada atitude que o clube deveria tomar, inclusive, se deveria ou não ter concentração antes dos jogos. Neste período, o clube foi Bicampeão Paulista (82/83).

De SP para o Mundo!
Se o Paulistão já era conhecido dos corintianos, o Brasileirão ficou íntimo em 1990. Sob o comando do camisa 10 Neto, das defesas do polêmico Ronaldo e com a estrela de Tupãzinho, o Timão se sagrou campeão Nacional, pela primeira vez, em 1990, ao derrotar o rival São Paulo. O Brasil ainda foi do Corinthians em 1998, 1999 e 2005.

Mas o país do futebol ficou pequeno e o Corinthians, que surgiu nas mãos e nos pés de operários, cresceu e conquistou o mundo, em 2000. Bicampeão Brasileiro (1998/1999), o Corinthians foi convidado a participar do 1º Mundial organizado pela FIFA, entidade máxima do futebol. Depois de se classificar na primeira fase, no grupo em que tinha o Real Madrid-ESP, o Corinthians chegou a final contra o Vasco.

No Maracanã, naquele mesmo estádio que a Fiel já havia invadido em 1976 para calar os torcedores do Fluminense, o Corinthians comemorou o título invicto de campeão Mundial após empates sem gols no tempo normal e prorrogação. A vitória, por 4 a 3, nos pênaltis, veio após Edmundo chutar a última cobrança para fora. O Maracanã estremeceu. O Brasil sacudiu. O mundo era alvinegro. O planeta do futebol era do Corinthians.

Devoção!
Esta paixão dos corintianos pelo seu clube foi muito bem explorada pelos atuais dirigentes. Diversas ações de marketing foram criadas na gestão de Andrés Sanchez. O torcedor passou a ser respeitado. O Fiel Torcedor foi muito bem aceito pelos fanáticos corintianos que passaram a evitar filas e cambistas e começaram a comprar seus ingressos pela internet.

Camisas comemorativas de grandes temporadas, vários outros mimos, brindes até chegar a República Popular do Corinthians com direito a certidão de nascimento e dinheiro próprio. Ainda tem a Certidão de Anistia (para os não corintianos), a Certidão de Nascimento e a Carta Magna (os princípios fundamentais da sociedade Corinthians). Enfim, é para deixar o corintiano ainda mais fanático, se é possível!

Parte deste fanatismo está relacionado com muitos jogadores que passaram pelo Parque São Jorge. Para se ter uma ideia, mais de 100 torcedores, segundo a Polícia Militar, estiveram no Vale do Anhangabaú, em São Paulo, para acompanhar o Show da Virada que contou com cantores, contagem regressiva, fogos e muita festa!

Neco foi o primeiro ídolo corintiano que ainda teve Baltazar, Luizinho, Rivellino, Gilmar, Basílio, Wladimir, Zé Maria, Sócrates, Casagrande, Ronaldo, Marcelinho Carioca, Ricardinho, Dida, Carlitos Tevez, Ronaldo Fenômeno entre muitos outros.

Tristeza!
Assim como todos os clubes, o Corinthians não viveu apenas de alegrias, afinal o torcedor é sofredor. Maus dirigentes, jogadores e técnicos passaram pelo Parque São Jorge. O Timão sofreu com jogadores incompetentes e ruins tecnicamente que não merecem nem ser lembrados nesta data especial.

Jogadores que foram responsáveis pela não conquista da tão sonhada taça da Libertadores. Mas o maior problema do Corinthians foram as parcerias furadas e que não foram concluídas. Este acúmulo de problemas, falta de planejamento e irresponsabilidade culminou com a parceria obscura da MSI e o rebaixamento a Série B em 2007. Momentos que nenhum corintiano gosta de lembrar, mesmo após o acesso e o título da Segundona.

FICHA TÉCNICA

Nome oficial: Sport Club Corinthians Paulista
Fundação: 01/09/1910
Estádio: Alfredo Schuring
Presidente: Andrés Navarro Sanchez

Site oficial
www.corinthians.com.br

Time titular: Júlio César; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Bruno César; Dentinho e Ronaldo. Técnico: Adílson Batista.

Confira os principais títulos do Corinthians:

1º Mundial de Clubes da Fifa (2000)
Campeonato Brasileiro (1990, 1998, 1999 e 2005)
Campeonato Brasileiro Série B (2008)
Copa do Brasil (1995, 2002 e 2009)
Supercopa do Brasil (1991)
Torneio Rio-São Paulo (1950, 1953, 1954, 1966 e 2002)
Campeonato Paulista (1914, 1916, 1922/23/24, 1928/29/30, 1937/38/39 1941, 1951/52, 1954, 1977, 1979, 1982/83, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003 e 2009)

Mande sua mensagem para o, agora, centenário Corinthians! Participe pelo blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984



 Escrito por rbrito às 00h20 [] [envie esta mensagem] []






Grandes!

O blog rbrito já exaltou a força dos Tricolores (Fluminense, Bahia, Fortaleza e Santa Cruz), além da força dos nordestinos, do Corinthians e Ceará. No post desta terça-feira, o blog rbrito, com a ajuda do torcedor-internauta Marcos Neves, vai falar da evolução de Remo e, principalmente, Paysandu no ranking geral da média de público nas Séries A, B, C e D do Campeonato Brasileiro.

Líder do Grupo A e próximo da classificação na Série C, o Paysandu, que sempre teve uma torcida apaixonada, segue fazendo bonito nas arquibancadas. Em apenas três jogos em casa, o Papão levou um total de 39.395 pagantes. A média do clube paraense é de 13.132, que dá o 11º lugar no ranking geral e a vice-liderança na Série C. O Papão só perde para o Fortaleza.

O rival do Paysandu, Remo também vai crescendo aos poucos. O Leão tem média de 4.988 pagantes na quarta colocação da Série D e 35º lugar no geral. Outros dois times que merecem destaque na Série D são CSA-AL e Central-PE que só estão atrás do líder Santa Cruz.

No topo!
O Fluminense segue na liderança do ranking na Série A e no geral, seguido por Corinthians e Santa Cruz. A liderança da Série B é do Bahia. A dupla pernambucana Sport e Náutico segue na cola do Tricolor baiano.

Junto e separado!
Se somarmos todos os públicos das Séries A, B, C e D chegaremos a 3.584.425 pagantes em 512 jogos. A média geral está em 7.001. Número abaixo apenas que a média da Série A (14.289). Os 169 jogos na elite ainda renderam um público total de 2.414.796.

Já a Série B segue abaixo da Série C. Enquanto a Segundona tem média de apenas 3.884 pagantes, a Terceirona soma média de 4.656. A lanterna segue com a Série D, com média modesta de 2.146 pagantes.

Este levantamento, é lógico, ainda não conta com os jogos da Série B na noite desta terça-feira. Os clubes em amarelo são da Série A. A cor cinza representa a Série B. A Série C está representada pela cor laranja e a Série D pelo azul. Os números em azul e em vermelho precisam ser confirmados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O que achou do novo resultado do ranking de público? Opine pelo blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984



 Escrito por rbrito às 17h51 [] [envie esta mensagem] []






E a mística?

O blog rbrito resolveu mapear o desempenho dos camisas 9 de todos os 20 clubes do Campeonato Brasileiro 2010. Mas o resultado não é nada animador. Primeiro porque o número de gols da Edição 2010 é o pior da Era dos pontos corridos. E segundo porque três clubes não têm um camisa 9 em seu elenco. Para aqueles clubes que não têm numeração fixa, o levantamento do blog rbrito levou em consideração os jogadores que vestiram a camisa 9 na última rodada.

Não percam nesta quarta-feira, no blog rbrito, dois posts especiais sobre o centenário de Corinthians e Noroeste!

Apesar de já ter sido disputadas 17 rodadas, os melhores camisas 9 do Brasileirão somam apenas seis gols. São os casos de Diego Tardelli, do Atlético-MG, Jóbson, do Botafogo, Wellington Paulista, do Cruzeiro, e Washington, que começou a Série A no São Paulo, mas agora defende as cores do Fluminense. Todos eles estão atrás de Bruno César, camisa 11 do Corinthians e artilheiro do Brasileirão.

O post que poderia valorizar a função dos goleadores, atacantes natos, mostra o fim da mística da camisa 9. Ronaldo, o maior artilheiro das Copas do Mundo, com 15 gols, escolhido melhor jogador do mundo por três vezes e Pentacampeão Mundial com a Seleção Brasileira, marcou apenas um gol pelo Corinthians. Rafael Moura, do Goiás, Henrique Dias, do Prudente, e Rômulo, do Guarani, têm o mesmo desempenho. Pior que eles apenas o atacante do Flamengo, Val Baiano, e Keirrison, do Santos, que não fizeram a festa de suas torcidas.

O blog rbrito que, no começo do ano, fez um post parecido ao desta terça-feira, constatou um aumento no número de clubes que não têm jogadores vestindo a camisa 9. No primeiro semestre apenas o Palmeiras havia “aposentado” sua camisa 9 com a saída de Vágner Love para o Flamengo. Agora esta lista conta com São Paulo e Vasco.

O time do Morumbi, que costuma ter numeração fixa, ficou órfão após a saída de Washington para o Tricolor carioca. Ricardo Oliveira utiliza a camisa de número 99 e Fernandão a 15. Já o Vasco ficou sem Élton, negociado com o exterior, e, de quebra, sem seu camisa 9. Enquanto esteve no clube carioca, Élton anotou dois tentos.

Está satisfeito com o seu camisa 9? Opine no blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984

Confira o desempenho dos camisas 9 dos clubes do Brasileirão:

ATLÉTICO-GO

Rodrigo Tiuí - 4 gols

ATLÉTICO-MG
Diego Tardelli - 6 gols

ATLÉTICO-PR
Bruno Mineiro - 5 gols

AVAÍ
Vandinho - 5 gols

BOTAFOGO
Jóbson - 6 gols

CEARÁ
Washington - 4 gols

CORINTHIANS
Ronaldo - 1 gol

CRUZEIRO
Wellington Paulista - 6 gols

FLAMENGO
Val Baiano - 0 gol

FLUMINENSE
Washington - 6 gols

GOIÁS
Rafael Moura - 1 gol

GRÊMIO
Borges - 2 gols

GRÊMIO PRUDENTE

Henrique Dias - 1 gol

GUARANI
Rômulo - 1 gol

INTERNACIONAL
Leandro Damião - 2 gols

PALMEIRAS
Não tem

SANTOS
Keirrison - 0 gol

SÃO PAULO
Não tem

VASCO
Não tem

VITÓRIA
Júnior - 3 gols



 Escrito por rbrito às 11h14 [] [envie esta mensagem] []






Pelo acesso...

Neste final de semana acabou a segunda fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão. O blog rbrito, sempre com a ajuda imprescindível do torcedor-internauta Marcos Neves, atualiza a média de público da última divisão do Estado de São Paulo nesta segunda-feira.

O Velo Clube, classificado à terceira fase, empatou, por 1 a 1, com o Elosport, mas sua torcida foi incrível. Ao todo 1.215 pagantes estiveram no estádio e ajudaram o time de Rio Claro a reassumir a vice-liderança no ranking geral da competição. O Velo tem média de 790 pagantes, contra 1.835 da líder Votuporanguense.

Aliás, apesar de ter sido a sensação no início da Segundona, a Pantera caiu de produção em campo - não se classificou a 3ª fase - e ainda viu as arquibancadas esvaziarem. No empate sem gols com o Olé Brasil, apenas 242 pagantes estiveram no estádio.

Assim como a torcida do Velo, os torcedores do Américo Brasiliense também merecem os parabéns. Na vitória, por 3 a 2, sobre o Brasilis, o Américo teve o apoio de 732 pagantes. O time não conseguiu se classificar.

Já a Internacional de Limeira, que carimbou o passaporte, levou 530 pagantes a seu estádio. Américo e Inter estão na quarta e quinta colocações, respectivamente, o Guaçuano é o terceiro.
 
O jogo entre Guariba e União Mogi não aconteceu. O time de Mogi das Cruzes, já eliminado, não compareceu ao jogo e foi derrotado por W.O. Em 368 jogos, a Segundona Paulista teve um público total de 97.807 pagantes e uma média de 266.

Mande sua sugestão ou opinião ao blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984

Regulamento:

Os 12 classificados estão divididos em três grupos de quatro. Eles se enfrentam dentro de cada grupo em dois turnos, com os dois primeiros colocados chegando à quarta fase. Junto com estes seis clubes, mais dois times, por índice técnico, totalizando oito classificados. Estes clubes serão divididos em duas chaves de quatro. Os dois primeiros colocados de cada grupo conquistam o acesso à Série A3, além de disputarem uma vaga na final da Segundona 2010.

Confira os grupos da terceira fase:

Grupo 13

Santacruzense
Paulínia
Internacional de Limeira
Guaçuano

Grupo 14
Velo Clube
Inter de Bebedouro
São Vicente
Primavera

Grupo 15
Taboão da Serra
Olé Brasil
Nacional
Elosport



 Escrito por rbrito às 20h12 [] [envie esta mensagem] []






Menos um!

O Fluminense precisou de 17 rodadas para ter um pênalti marcado a seu favor. É verdade que a penalidade máxima anotada pelo gaúcho Leandro Pedro Vuaden não aconteceu, mas, agora, apenas o Grêmio ainda não teve pênalti a seu favor no Campeonato Brasileiro 2010, como mostra o blog rbrito nesta segunda-feira.

No pênalti no Maracanã, o ex-sãopaulino Washington bateu mal e o goleiro Rogério Ceni defendeu. O jogo acabou empatado, por 2 a 2. A 17ª rodada do Brasileirão teve outras curiosidades além do fim do jejum carioca.

Ao todo foram marcados três pênaltis, sendo que dois, sequer, aconteceram. Na vitória do Guarani, por 2 a 1, de virada, sobre o Flamengo, o árbitro Arilson Bispo da Anunciação-BA também errou ao apitar a infração pró Bugre. Mas na cobrança, Ricardo Xavier chutou no meio e Lomba, do Flamengo, pegou.

Pela primeira vez em 17 rodadas, o Brasileirão não teve um gol de pênalti. Isso porque Neymar, mais uma vez, errou uma cobrança para o Santos. O atacante bateu rasteiro e no canto, mas Harlei, goleiro do Goiás, defendeu. Apesar da mancada de Neymar, o Peixe venceu, por 2 a 0.

Até agora, os árbitros já assinalaram 54 penalidades máximas. Os jogadores marcaram 33 gols e em 21 oportunidades deixaram seus torcedores enfurecidos ao desperdiçar a cobrança. O Santos, com sete pênaltis a favor, é o recordista do critério. Neymar é o jogador que mais cobrou penalidades máximas (6) e o que mais errou (3).

Participe do blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984

Confira todos os pênaltis do Brasileirão 2010:


ATLÉTICO-GO


Atlético-PR 2 x 1 Atlético-GO (Elias / 4ª rodada)
Atlético-GO 1 x 3 Goiás (Elias / 5ª rodada)
Atlético-GO 3 x 1 Corinthians (Róbston / 10ª rodada)
Vasco 2 x 0 Atlético-GO (Róbston errou / 11ª rodada)
Palmeiras 0 x 3 Atlético-GO (Elias / 16ª rodada)

ATLÉTICO-MG

Atlético-MG 3 x 2 Atlético-GO (Diego Tardelli / 8ª rodada)

ATLÉTICO-PR


Atlético-PR 2 x 2 Guarani (Alex Mineiro / 2ª rodada)

AVAÍ

Avaí 4 x 2 Palmeiras (Caio errou / 9ª rodada)
Guarani 4 x 1 Avaí (Vandinho errou um e Robinho marcou outro / 13ª rodada)

BOTAFOGO

Cruzeiro 1 x 0 Botafogo (Renato Cajá errou / 4ª rodada)
Botafogo 1 x 1 Vasco (Herrera / 5ª rodada)
Botafogo 3 x 0 Atlético-MG (Herrera / 13ª rodada)

CEARÁ

Ceará 1 x 0 Fluminense (Geraldo / 1ª rodada)
Ceará 2 x 1 Grêmio (Fabrício errou / 15ª rodada)

CORINTHIANS

Corinthians 2 x 1 Atlético-PR (Ronaldo / 1ª rodada)
Corinthians 2 x 0 Internacional (Roberto Carlos / 6ª rodada)
Corinthians 1 x 0 Atlético-MG (Chicão errou / 9ª rodada)
Atlético-GO 3 x 1 Corinthians (Chicão errou / 10ª rodada)
Cruzeiro 1 x 0 Corinthians (Bruno César errou / 16ª rodada)

CRUZEIRO

Internacional 1 x 2 Cruzeiro (Kléber / 1ª rodada)
Cruzeiro 2 x 2 Avaí (Wellington Paulista / 2ª rodada)

FLAMENGO

Flamengo 3 x 1 Prudente (Vágner Love (2) / 3ª rodada)
Atlético-GO 0 x 1 Flamengo (Petkovic / 9ª rodada)
Flamengo 1 x 0 Ceará (Petkovic / 14ª rodada)

FLUMINENSE

Fluminense 2 x 2 São Paulo (Washington errou / 17ª rodada)

GOIÁS

Goiás 2 x 1 São Paulo (Bernardo / 6ª rodada)
Goiás 1 x 2 Grêmio Prudente (Romerito errou / 15ª rodada)

GRÊMIO PRUDENTE

Grêmio Prudente 4 x 0 Atlético-MG (Henrique Dias / 2ª rodada)
Grêmio Prudente 2 x 0 Grêmio (Paulo César errou / 9ª rodada)
Grêmio Prudente 1 x 2 Santos (Paulo César errou e Robson errou / 12ª 
rodada)

GUARANI

Atlético-PR 2 x 2 Guarani (Roger / 2ª rodada)
Guarani 1 x 0 Prudente (Roger / 7ª rodada)
Vitória 1 x 1 Guarani (Rômulo / 16ª rodada)
Guarani 2 x 1 Flamengo (Ricardo Xavier errou / 17ª rodada)

INTERNACIONAL

Goiás 2 x 3 Internacional (Walter / 2ª rodada)
Internacional 2 x 1 Ceará (Alecsandro / 9ª rodada)

PALMEIRAS

Palmeiras 1 x 0 Vitória (Robert errou / 1ª rodada)
São Paulo 1 x 0 Palmeiras (Ewerthon errou / 4ª rodada)
Avaí 4 x 2 Palmeiras (Kléber / 9ª rodada)

SANTOS

Santos 1 x 1  Ceará (Neymar marcou um e errou outro / 2ª rodada)
Santos 4 x 0 Vasco (André / 7ª rodada)
Santos 2 x 0 Atlético-MG (Neymar / 15ª rodada)
Grêmio 1 x 2 Santos (Neymar marcou um e errou outro / 16ª rodada)
Santos 2 x 0 Goiás (Neymar errou / 17ª rodada)

SÃO PAULO

São Paulo 3 x 1 Grêmio (Rogério Ceni errou / 7ª rodada)

VASCO

Vasco 3 x 2 Internacional (Phillipe Coutinho / 4ª rodada)
Vasco 3 x 1 Atlético-PR (Nunes / 9ª rodada)
Grêmio Prudente 1 x 2 Vasco (Nilton errou / 14ª rodada)

VITÓRIA
Vitória 4 x 2 Santos (Schwenck / 14ª rodada)



 Escrito por rbrito às 13h28 [] [envie esta mensagem] []






Mau Humor FC 30!

Quem diria... a coluna mais mal humorada do futebol brasileiro chegou a sua trigésima semana. Neste domingo, o blog rbrito vai abordar no Mau Humor FC três declarações infelizes de Zico, do Flamengo, Vanderlei Luxemburgo, do Atlético Mineiro, e Andrés Sanchez, do Corinthians.

Mais no blog rbrito:
Troca-troca de técnicos segue sem critério algum, assim como a submissão de Federações com a TV!


Esqueça o que Zico fez em campo. Não vou debater sua categoria, habilidade, títulos e genialidade. O que está em pauta aqui é sua declaração como dirigente. Na demissão do técnico Rogério Lourenço, o Galinho disse com todas as letras: “Estamos em décimo lugar [no Campeonato Brasileiro]. Então, ele não foi demitido pelos resultados. Foi pela pressão da torcida mesmo. Foi uma manifestação muito forte da torcida ontem [quinta-feira]. O torcedor é nosso maior patrimônio e sempre temos que escutá-lo”.

O torcedor tem todo direito de cobrar. Mas o torcedor é movido pela paixão. O dirigente deve ser a razão neste relacionamento. Quer dizer que se o torcedor começar a cobrar, ou melhor, exigir a saída de jogadores, dirigentes, técnicos... Zico vai dar razão a eles? E se nesta paixão, a torcida pedir a cabeça de seu maior ídolo? Ele vai aceitar? Zico já fez muitos golaços, mas este foi contra, uma vergonha! Dirigente tem que agir pelo bem do clube.

Dirigente-torcedor!
Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, também mostrou seu lado torcedor. Deixou a paixão falar mais alto ao declarar: “Minha primeira responsabilidade é não deixar a Copa ir para o Morumbi. A segunda é fazer com que São Paulo não fique sem a abertura”.

Não há necessidade de se falar isso. Primeiro porque o Corinthians, com quase 100 anos, nem estádio tem. E segundo, mostra que o presidente se importa mais com um rival com que o próprio clube. Não deveria ser assim. Afinal ele foi eleito para comandar o alvinegro de Parque São Jorge e não o Tricolor Paulista.

Depois ele disse que estava brincando e que deseja ver o Estádio do Morumbi na Copa do Mundo 2014 e blá, blá, blá... Então faz de conta que a gente acredita, Andrés Sanchez.

De novo?
A declaração de Luxa não foi proferida por pressão da torcida e, sim para os torcedores. Pelo twitter, ele disse: “De uma vez por todas: Não saio do Atlético-MG. O Atlético-MG não cai para a segunda divisão. E se por acaso acontecer o desastre, eu sigo no Atlético-MG”.

O atleticano tem frio na barriga, arrepio só de ouvir a possibilidade de voltar para a Segundona. Vanderlei Luxemburgo quis fazer média, mas escolheu as palavras erradas. Primeiro, o torcedor não está satisfeito com seu trabalho e a campanha ruim no Brasileirão. Sem falar que se o Galo cair, tenho certeza que a torcida não vai querer ver Luxa em Minas Gerais nem pintado de ouro.

Comente estas três declarações infelizes que agitaram a sexta-feira! Participe do blog rbrito ou via www.twitter.com/rbrito1984



 Escrito por rbrito às 00h02 [] [envie esta mensagem] []




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 





BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese, Esportes, Livros, música
Outro -





 
 




TWITTER rbrito
Giro da Bola
Meu Time de Botão
É Pênalti
Futebol Interiorano
Vozeria
Only Esportes
TopBlog - VOTE AQUI
 
 

Dê uma nota para meu blog